Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

goncalvejarco

Navegador. Trabalhei com figuras de renome, como Infante D. Henrique, Bartolomeu Perestrelo, Tristão Vaz Teixeira, Capitão Iglo, etc.

Coronavida

loja do camilo.jpg

Passo por um tipo na rua que, mal me vê ao longe, se encosta ao máximo a um dos cantos do passeio, preferindo levar com vários arbustos e ramos de árvore nas trombas a passar um milímetro que seja mais perto de mim.

Logo a seguir entro na mercearia e o merceeiro, não só está muito descontraído e sem qualquer protecção a atender as várias pessoas que vão entrando na loja, como decide passar para o outro lado do balcão e entabular conversa comigo a 2 centímetros de distância. Eu, apesar de não me considerar um corona-histérico, recuei um passo como que a dar a entender ao senhor que talvez não fosse a altura ideal para estabelecer uma intimidade cliente/merceeiro. No entanto, acho que ele não percebeu a mensagem subtil, uma vez que continuou do lado de cá do balcão a falar pelos cotovelos e pela boca.

Deus Nosso Senhor me proteja e a ele também, porque é um bom fornecedor de papel higiénico, esse que é aparentemente o verdadeiro e único bem de primeira necessidade do séc. XXI.

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.